Terça-feira, 23 de Janeiro de 2007

Sentir assim...

sentir assim...

Escrevinhado por gaivota da ria às 00:15
| Quer Comentar? | Ver comentários (34)
|
Sexta-feira, 12 de Janeiro de 2007

Praga acorrentada

Hoje recebi este e-mail:  

"Nunca deixes aquilo que amas por aquilo que desejas, pois aquilo que  desejas te deixará pelo que ama..."

Esta Noite, à meia-noite, teu amor verdadeiro se dará conta de que te  ama.... algo acontecerá entre a 1 e as  4hrs.  O amanhã está preparado para  o maior choque da tua vida.

Se romperes esta corrente terás má sorte no amor pelos 10 próximos  anos... Passa para 10 pessoas nos próximos 10minutos.
Nunca dei importância a este tipo de correio, apago e nada mais. Mas desta vez parecem-me ser  um bocado excessivas as pragas preditas.
Quando recebi fiquei assim:
Depois fiquei assim:
Mas, agora, já assim:  limito-me a apelar encarecidamente :
Por favor, não me enviem mais e-mails destes.
Escrevinhado por gaivota da ria às 13:49
| Quer Comentar? | Ver comentários (21)
|
Terça-feira, 9 de Janeiro de 2007

Três anos apenas...

Três anos apenas...
Hora de almoço, rodeada de carinhos, a princesinha ...
Hoje sem muito apetite faz uma careta, a nossa princesa...
A avó e a sua táctica antiga:
- Lá vai uma colher da tia Anita, vruumm !
Aviva os olhos interessada. Abre a boca, come a primeira colherada e ri.
- E agora aí vai mais uma, esta é do avô Mário!
Já deixou o ar tristonho, engole rapidamente à espera do nome de quem virá a seguir.
- E esta é do tio Xicoooooo , lá vai ela!
Segue-se outra da avó Martinha, algumas são dos primos, dos amiguinhos e ela vai comendo divertidíssima.
Ainda há um restinho no prato.
Não se vê ainda o patito que tem desenhado no fundo.
Antes que alguém diga outro nome ela antecipa-se e finalmente fala durante o almoço:
- Esta é da Mãe!
Come ansiosa para poder repetir em alta voz engolindo outra colherada:
- Outra da Mãe!
Ainda recolhe um restinho quase invisível só para poder dizer:
- E mais outra da minha Mãe!
É breve o momento de silêncio, enquanto os olhares se cruzam sobre a mesa.
Alguém diz:
- Muito bem, linda! Que bom, foram três colherzinhas da Mãe! Comeu tudo, a princesinha !
A mãe desta Princesa não vive muito longe mas não veio aconchegá-la na noite de Natal.
A mãe desta Princesa não conseguiu arranjar tempo sequer para lhe telefonar.
A mãe desta Princesa de três anos apenas...
Um lugar à mesa...
Escrevinhado por gaivota da ria às 00:02
| Quer Comentar? | Ver comentários (16)
|

◊◊◊ ver perfil

◊◊◊ seguir perfil

◊◊◊ A minha velha ria...

◊◊◊ arquivos

◊◊◊ Abril 2007

◊◊◊ Março 2007

◊◊◊ Fevereiro 2007

◊◊◊ Janeiro 2007

◊◊◊ Dezembro 2006

◊◊◊ Novembro 2006

◊◊◊ Outubro 2006

◊◊◊ Setembro 2006

◊◊◊ Agosto 2006

◊◊◊ Julho 2006

◊◊◊ Junho 2006

◊◊◊ Maio 2006

◊◊◊ Abril 2006

◊◊◊ Março 2006

◊◊◊ Fevereiro 2006

◊◊◊ Janeiro 2006

◊◊◊ Dezembro 2005

◊◊◊ Novembro 2005

◊◊◊ Outubro 2005

◊◊◊ Setembro 2005

◊◊◊ Agosto 2005

◊◊◊ Julho 2005

◊◊◊ Junho 2005

◊◊◊ Maio 2005

◊◊◊ Abril 2005


◊◊◊ Voos recentes

◊◊◊ Dois anos depois...

◊◊◊ Cansaço...

◊◊◊ Agora "semos" all-garvios...

◊◊◊ Nós, as mulheres...

◊◊◊ "Etiqueta" no gato

◊◊◊ Com o meu silêncio...

◊◊◊ Sentir assim...

◊◊◊ Praga acorrentada

◊◊◊ Três anos apenas...

◊◊◊ Bom Ano Novo

Obrigada Sofia pela atribuição deste prémio: