Sexta-feira, 30 de Junho de 2006

Vazios...

 

O meu cabelo é incrível. Sente-se fatigado, desidratado e mal-amado quando chegamos à porta do salão da nossa cabeleireira e o mesmo se encontra vazio.

É nesses dias que o pobre precisa de um tratamento especial: champô de tratamento, creme de tratamento e ampola de tratamento.

Nos dias em que a clientela é tanta que a Madame Juliette anda de patins em linha o meu cabelo encontra-se bem, obrigada, não está seco, vê-se que está bem hidratado e não precisa de champô especial, creme exclusivo e ampola especialíssima!!!

Ah, Madame Juliette como você conhece o meu cabelo e como ele é solidário consigo, assim que vê o seu salão vazio ele fica tão nervoso que espeta por todos os lados e só o tratamento a que é sujeito lhe acalma a sua electricidade estática. E que brilho resplandece em cada fio demonstrando que a falta de água e proteínas num instante se resolveu com o espectacular condicionador há poucos dias chegado ao salão!

Quanto mais vazio estiver o salão mais vazia fica a carteira tudo em prol da boa saúde do couro (cabeludo). E o papelito super moderno saído da impressora clarifica ainda mais a situação: "shampoo" de tratamento:x, creme bálsamo de tratamento:y, ampola de tratamento:z, perfazendo um total com o suplemento de xisípsilonzê.

Não dizem que a moldura do rosto é o couro, perdão, o cabelo?! Bom fim de semana ah e não pensem que o nome da senhora que me trata da saúde do cabelo leva dois tês…

                                                                                            

                                                                                     

Sinto-me: vazia €
Escrevinhado por gaivota da ria às 09:00
| Quer Comentar?
|
21 comentários:
De Isabelfilipe a 30 de Junho de 2006 às 12:40
Gostei de ler...gosto de ler os teus textos irónicos ... são sempre 5 estrelas....

felizmente eu não tenho esse problema no salão que vou são "impec"

bom fim de semana
beijinhos
De Carlos a 30 de Junho de 2006 às 15:22
Tenho o nome de uma flor

quando me chamas.

Quando me tocas,

nem eu sei
De gaivota da ria a 30 de Junho de 2006 às 15:31
Carlos: Ai eu não te chamei nem te toquei mas ainda bem que vieste.
De aflores a 30 de Junho de 2006 às 20:25
A minha filhota costuma dizer (todos os anos) que a água dessas bandas estraga o cabelo :o) Agora vou uns dias de férias :)))))))) mas não para os teus lados....isso é só em Setembro ;) Beijinhos do Norte.
De padeiradealjubarrota a 1 de Julho de 2006 às 04:52
Ir ao cabeleireiro com tempo e em dia de pouco movimento é uma benção. Mimam-nos!...Mas só lá deixo o que quero.E agora, desculpem lá lembrar, com a crise...os cabeleireiros estão às moscas! Sim, porque ainda temos mãozinhas para lavar a cabeça em casa.
Bom, para todos os portugueses... e para amanhã: - Força Portugal!...Vamos em frente!
De intemporal a 1 de Julho de 2006 às 17:33
Brincando é, com "coisas" sérias!?......rs
A água de nossa "zona" é especial de corrida!
Não podemos ter tudo, né? Gostei da maneira como escreveste este teu texto, parabéns!
Um óptimo fim de semana. Becitos
De Augusto Brilhante Ribeiro a 2 de Julho de 2006 às 00:44
Uma gaivota nunca deve estar vazia.
Foi tão bom ter-te por perto.
De mim vai um "Até breve"
Beijo e abraço com carinho.
De Musician a 2 de Julho de 2006 às 15:30
hehe Gostei :)
Beijoca*
De maresia-mar a 3 de Julho de 2006 às 14:07
Ai Gaivotinha como eu gosto de te ler..ih ih.. a minha cabeleireira tem pouca sorte, só lá vou cortar o cabelo e na maior parte das vezes chego a casa e volto a lavar o cabelo.. eu gosto é dos meus caracóis e ponto final ah ah.Bjhs e boa semana
De marius70 a 3 de Julho de 2006 às 21:33
O meu cabelo tb é incrível, tão incrível é que por mais que tente desfatigá-lo, idratá-lo e amá-lo ele nega-se. É um cabelo armado em galo de capoeira. Mas para quê, se crista nem vê-la?!!!... Quando entro no barbeiro cá do bairro ele esfrega as mãos de contente, leva o mesmo preço de tabela por corte de metade de cabelo. Por falar em barbeiro, nem sei o nome dele, será que tem nome?!... :))))) Gilão este ano nem vê-lo. Tudo de bom
De diabinho a 4 de Julho de 2006 às 00:24
K problemas com o cabelo... ehehehe
A minha "produtora de imagem", como ela própria se designa, tem sempre tempo para ver, conversar e dar sugestões... e faz-me sair de lá sempre com um sorriso nos lábios...
Sinto-me feliz... Beijos...

Comentar post


◊◊◊ ver perfil

◊◊◊ seguir perfil

◊◊◊ A minha velha ria...

◊◊◊ arquivos

◊◊◊ Abril 2007

◊◊◊ Março 2007

◊◊◊ Fevereiro 2007

◊◊◊ Janeiro 2007

◊◊◊ Dezembro 2006

◊◊◊ Novembro 2006

◊◊◊ Outubro 2006

◊◊◊ Setembro 2006

◊◊◊ Agosto 2006

◊◊◊ Julho 2006

◊◊◊ Junho 2006

◊◊◊ Maio 2006

◊◊◊ Abril 2006

◊◊◊ Março 2006

◊◊◊ Fevereiro 2006

◊◊◊ Janeiro 2006

◊◊◊ Dezembro 2005

◊◊◊ Novembro 2005

◊◊◊ Outubro 2005

◊◊◊ Setembro 2005

◊◊◊ Agosto 2005

◊◊◊ Julho 2005

◊◊◊ Junho 2005

◊◊◊ Maio 2005

◊◊◊ Abril 2005


◊◊◊ Voos recentes

◊◊◊ Dois anos depois...

◊◊◊ Cansaço...

◊◊◊ Agora "semos" all-garvios...

◊◊◊ Nós, as mulheres...

◊◊◊ "Etiqueta" no gato

◊◊◊ Com o meu silêncio...

◊◊◊ Sentir assim...

◊◊◊ Praga acorrentada

◊◊◊ Três anos apenas...

◊◊◊ Bom Ano Novo

Obrigada Sofia pela atribuição deste prémio: